Ah, mas esperem

No Cinema Ideal apanhei com umas senhoras escritoras e uns tios intelectuais que passaram o tempo todo a cochichar por entre risinhos. Quando fui ver o Logan ao shopping não levei com gente tão mal-educada. Depois o povo é que não sei quê.

Vícios burgueses

Comprei um livro por causa do título (e da capa e da editora, enfim…). Folgo em saber que os meus poderes de vidência literária não me desiludem e que as minhas delirantes perspectivas sobre a vida pós-moderna não são assim tão solitárias. É consolo de maluco não ser maluco sozinho. Um copinho de água fresca, é o que isto é.