diário #20210329

Entretive-me no fim de semana a plantar flores e a tratar dos vasos, por isso hoje estou cheia de dores no corpo. A inactividade física cansa-me, a actividade também, por isso mais vale aguentar as dores e fazer umas coisas de vez em quando. Selecciono listas de filmes, séries e livros que nunca terei tempo para ver e ler. Confundo uma foto da Ana Luisa Amaral com a Paula Bobone e rio-me muito quando me apercebo do erro. A minha cabeça já foi um computador, agora já não é. Penso muitas vezes em quem morreu antes de 2020, que nunca chegou a aturar este caos do covid. O que pensariam essas pessoas disto? Morreram cedo para não terem de suportar esta merda? Não percebo nada de filmes de super-heróis mas parece-me que todos os vilões estagiaram pelo menos 100 horas por semana numa consultora ou banco de investimento. É o preço a pagar para garantir para cima de mil euros na conta todos os meses e para o resto da vida, isso de aceder ao lado negro da força. Estou a brincar.