Shuggie Bain

O booker do ano passado, muito triste, muito duro, muito bom. Difícil de ler no original por causa do sotaque/vocabulário escocês, mas quando terminei já estava quase a rolar os R’s. Uma coisa estranha que me aconteceu: apesar de a mãe de Shuggie ser descrita várias vezes com cabelo preto e encaracolado nunca consegui deixar de a imaginar loura.