Dobra

Senti-me dobrar quando acabei de ler “A estrada” do Cormac McCarthy. Deixou um vinco que por muito que tente não consigo engomar.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Dobra

  1. li primeiro, o meu marido leu de seguida (por ter percebido, enquanto eu o lia,que teria de ser mesmo assim)
    acho que andámos ali uns dias sem falar um com o outro
    (talvez sem falar com mais ninguém)
    foi em 2008 e não se esquece
    nunca, nada

    (e o fogo dentro de nós)

    Gostar

Os comentários estão fechados.